Você está em Sintaxe > Subordinação ▼

Classificação das Orações Subordinadas Substantivas

De acordo com a  função que exerce no período, a oração subordinada substantiva pode ser:

a) Subjetiva

É subjetiva quando  exerce a função sintática de sujeito do verbo da oração principal. Observe:

É fundamental o seu comparecimento à reunião.
  Sujeito
É fundamental que você compareça à reunião.
Oração PrincipalOração Subordinada Substantiva Subjetiva

Atenção:

Observe que a oração subordinada substantiva pode ser substituída pelo pronome " isso". Assim, temos um período simples:

É fundamental isso ou Isso é fundamental.

Dessa forma, a oração correspondente a "isso" exercerá a função de sujeito.

Veja algumas estruturas típicas que ocorrem na oração principal:

1- Verbos de ligação + predicativo, em construções do tipo:

É bom - É útil - É conveniente - É certo - Parece certo - É claro - Está evidente - Está comprovado

Por Exemplo: É bom que você compareça à minha festa.

2- Expressões na voz passiva, como:

Sabe-se - Soube-se - Conta-se - Diz-se - Comenta-se - É sabido - Foi anunciado - Ficou provado

Por Exemplo: Sabe-se que Aline não gosta de Pedro.

3- Verbos como:

convir - cumprir - constar - admirar - importar - ocorrer - acontecer

Por Exemplo: Convém que não se atrase na entrevista.

Obs.: quando a oração subordinada substantiva é subjetiva, o verbo da oração principal está sempre na 3ª. pessoa do singular.

Próximo: Objetiva direta
Como referenciar: "Classificação das Orações Subordinadas Substantivas" em Só Português. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2018. Consultado em 20/02/2018 às 04:19. Disponível na Internet em https://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint31.php