Material de Apoio

 Sobre a Gramática
 Morfologia
 Sintaxe
 Fonologia
 Semântica
 Estilística
 Redação

Pratique

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Provas On-line

Ajuda

 Laifis de Português
 Área dos Professores
 Comunidade
 Fórum
 Dicas de Português
 Dúvidas Frequentes
 Qual é o Gênero?
 Conjugador de Verbos

Entretenimento

 Jogos
 Maltratando a Língua
 Fala Popular
 Expr. Redundantes
 Pérolas Gramaticais
 Qual é a Expressão?
 Trava-Línguas
 Humor na Língua

Diversos

 Portuguesinho
 Português na História
 Português no Mundo
 Formação da Líng. Port.
 Curiosidades
 Estrangeirismos
 Neologismos e Gírias
 Abreviaturas e Siglas
 Expressões Idiomáticas
 Origem das Expressões
 Reforma Ortográfica
 Glossário
 Notícias
 Artigos e Reportagens
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Classificação das Orações Subordinadas Adjetivas

Na relação que estabelecem com o termo que caracterizam, as orações subordinadas adjetivas podem atuar de duas maneiras diferentes. Há aquelas que restringem ou especificam o sentido do termo a que se referem, individualizando-o. Nessas orações não há marcação de pausa, sendo chamadas subordinadas adjetivas restritivas. Existem também orações que realçam um detalhe ou amplificam dados sobre o antecedente, que já se encontra suficientemente definido, as quais denominam-se subordinadas adjetivas explicativas.

Exemplo 1:

Jamais teria chegado aqui, não fosse a gentileza de um homem que passava naquele momento.
                                                                                                                 Oração Subordinada Adjetiva Restritiva

Nesse período, observe que a oração em destaque restringe e particulariza o sentido da palavra "homem": trata-se de um homem específico, único. A oração limita o universo de homens, isto é, não se refere a todos os homens, mas sim àquele que estava passando naquele momento.

Exemplo 2:

O homem, que se considera racional, muitas vezes age animalescamente.
                  Oração Subordinada Adjetiva Explicativa

Nesse período, a oração em destaque   não tem sentido restritivo em relação à palavra "homem": na verdade, essa oração apenas explicita uma ideia que já sabemos estar contida no conceito de "homem".

Saiba que:

   A oração subordinada adjetiva explicativa é separada da oração principal por uma pausa, que, na escrita, é representada pela vírgula. É comum, por isso, que a pontuação seja indicada como forma de diferenciar as orações explicativas das restritivas: de fato, as explicativas vêm sempre isoladas por vírgulas; as restritivas, não.

Obs.: ao redigir um período escrito por outrem, é necessário levar em conta as diferenças de significado que as orações restritivas e as explicativas implicam. Em muitos casos, a oração subordinada adjetiva será explicativa ou restritiva de acordo com o que se pretende dizer.

Exemplo 1:

Mandei um telegrama para meu irmão que mora em Roma.

No período acima, podemos afirmar com segurança que a pessoa que fala ou escreve tem, no mínimo, dois irmãos, um que mora em Roma e um que mora em outro lugar. A palavra "irmão", no caso, precisa ter seu sentido limitado, ou seja, é preciso restringir seu universo. Para isso, usa-se uma oração subordinada adjetiva restritiva. 

Exemplo 2:

Mandei um telegrama para meu irmão, que mora em Roma.

Nesse período, é possível afirmar com segurança que a pessoa que fala ou escreve tem apenas um irmão, o qual mora em Roma. A informação de que o irmão more em Roma não é uma particularidade, ou seja, não é um elemento identificador, diferenciador, e sim um detalhe que se quer realçar.

Observações:

As orações subordinadas adjetivas podem:

a) Vir coordenadas entre si;

Por Exemplo:

É uma realidade que degrada e assusta a sociedade.

e = conjunção

b) Ter um pronome como antecedente.

Por Exemplo:

Não sei o que vou almoçar.

o = antecedente

que vou almoçar = Oração Subordinada Adjetiva Restritiva


Anterior  Índice Próximo

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato de Usuário | Anuncie | Fale conosco
Copyright © 2007-2014 Só Português. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.