Material de Apoio

 Sobre a Gramática
 Morfologia
 Sintaxe
 Fonologia
 Semântica
 Estilística
 Redação

Pratique

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Provas On-line

Ajuda

 Laifis de Português
 Área dos Professores
 Comunidade
 Fórum
 Dicas de Português
 Dúvidas Frequentes
 Qual é o Gênero?
 Conjugador de Verbos

Entretenimento

 Jogos
 Maltratando a Língua
 Fala Popular
 Expr. Redundantes
 Pérolas Gramaticais
 Qual é a Expressão?
 Trava-Línguas

Diversos

 Portuguesinho
 Português na História
 Português no Mundo
 Formação da Líng. Port.
 Curiosidades
 Estrangeirismos
 Neologismos e Gírias
 Abreviaturas e Siglas
 Expressões Idiomáticas
 Origem das Expressões
 Reforma Ortográfica
 Glossário
 Notícias
 Artigos e Reportagens
 Indicação de Livros
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Travessão ( – )

O travessão é um traço maior que o hífen e costuma ser empregado:

    - No discurso direto, para indicar a fala da personagem ou a mudança de interlocutor nos diálogos.

      Por Exemplo:

        O que é isso, mãe?
        É o seu presente de aniversário, minha filha.

    - Para separar expressões ou frases explicativas, intercaladas.

      Por Exemplo:

        "E logo me apresentou à mulher, uma estimável senhora e à filha." (Machado de Assis)

    - Para destacar algum elemento no interior da frase, servindo muitas vezes para realçar o aposto.

      Por Exemplo:

        "Junto do leito meus poetas dormem

        O Dante, a Bíblia, Shakespeare e Byron

        Na mesa confundidos." (Álvares de Azevedo)

    - Para substituir o uso de parênteses, vírgulas e dois-pontos, em alguns casos.


      Por Exemplo:

        "Cruel, obscena, egoísta, imoral, indômita, eternamente selvagem, a arte é a superioridade humana acima dos preceitos que se combatem, acima das religiões que passam, acima da ciência que se corrige; embriaga como a orgia e como o êxtase." (Raul Pompeia)

Aspas ( " " )

As aspas têm como função destacar uma parte do texto. São empregadas:

    - Antes e depois de citações ou transcrições textuais.

      Por Exemplo:

        Como disse Machado de Assis: "A melhor definição do amor não vale um beijo de moça namorada."

    - Para representar nomes de livros ou legendas.

      Por Exemplo:

        Camões escreveu "Os Lusíadas" no século XVI.

      Obs.: para realçar títulos de livros, revistas, jornais, filmes, etc. também podemos grifar as palavras, conforme o exemplo:

        Ontem assisti ao filme Central do Brasil.

    - Para assinalar estrangeirismos, neologismos, gírias, expressões populares, ironia.

      Exemplos:

        O "lobby" para que se mantenha a autorização de importação de pneus usados no Brasil está cada vez mais descarado.(Veja)

        Com a chegada da polícia, os três suspeitos "se mandaram" rapidamente.
        Que "maravilha": Felipe tirou zero na prova!

    - Para realçar uma palavra ou expressão.

      Exemplos:

        Mariana reagiu impulsivamente e lhe deu um "não".
        Quem foi o "inteligente" que fez isso?

      Obs.: em trechos que já estiverem entre aspas, se necessário usá-las novamente, empregam-se aspas simples.

        Por Exemplo: "Tinha-me lembrado da definição que José Dias dera deles, 'olhos de cigana oblíqua e dissimulada'. Eu não sabia o que era oblíqua, mas dissimulada sabia, e queria ver se podiam chamar assim. Capitu deixou-se fitar e examinar." (Machado de Assis)


Anterior  Índice Próximo

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato de Usuário | Anuncie | Fale conosco
Copyright © 2007-2014 Só Português. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Grupo Virtuous.