Você está em Ajuda > Dúvidas Frequentes

"Pseudo" e o hífen

O falso prefixo pseudo é utilizado na língua portuguesa para indicar um teor não verdadeiro, ou seja, algo que finge ser o que não é. Somente é separado do segundo elemento por hífen nos casos em que este inicia por "o" ou "h". Caso o segundo elemento inicie com a consoante "s" ou "r", é necessário dobrá-la, sem usar hífen. Nos demais casos, quando o segundo elemento inicia por outras consoantes ou vogais, não há hífen.

Exemplos com hífen:
pseudo-habitação
pseudo-herói
pseudo-oftalmologista
pseudo-olho
pseudo-operação

Exemplos sem hífen (dobrando as consoantes "r" ou "s")
pseudorrainha
pseudorrepresentação
pseudossábio
pseudossamba

Demais casos, sempre sem hífen:
pseudoartista
pseudociência
pseudodominância
pseudoedema
pseudoescorpião
pseudofobia
pseudomédico

Outras dúvidas

"Microcomputador" ou "micro-computador"?

"Porta-guardanapos" ou "porta guardanapos"?

"Ultrassom" ou "ultra-som"?

"Em vez de" ou "Ao invés de"?

<< Voltar para seção "Dúvidas frequentes"

Como referenciar: ""Pseudo" e o hífen" em Só Português. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2020. Consultado em 24/01/2020 às 17:57. Disponível na Internet em https://www.soportugues.com.br/secoes/FAQresposta.php?id=106

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

O SONHO DE SER CANTOR

SOFRENDO COM A LÍNGUA PORTUGUESA