Você está em Ajuda > Abreviaturas e siglas

Siglas

Sigla é o nome dado ao conjunto de letras iniciais dos vocábulos (normalmente os principais) que compõem o nome de uma organização, uma instituição, um programa, um tratado, entre outros.

Na utilização de siglas, observam-se os seguintes critérios:

a) Deve-se citar apenas siglas já existentes ou consagradas; a sigla e o nome que a originou são escritos de maneira precisa e completa, de acordo com a convenção ou designação oficial. Exemplo:

Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT (e não EBCT)

b) Quando mencionadas pela primeira vez no texto, deve-se escrever primeiramente a forma por extenso, seguida da sigla entre parênteses, ou separada por hífen. Exemplo:

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é a universidade mais antiga do Brasil.
A Universidade Federal do Paraná – UFPR é a universidade mais antiga do Brasil.

c) Não são colocados pontos intermediários e ponto final nas siglas. Exemplo:

Associação Paranaense de Reabilitação – APR (e não A.P.R.)

d) Siglas com até três letras são escritas com todas as letras maiúsculas. Exemplo:

ONU – Organização das Nações Unidas
IML – Instituto Médico Legal

e) Siglas com quatro letras ou mais devem ser escritas com todas as letras maiúsculas quando cada uma de suas letras ou parte delas é pronunciada separadamente, ou somente com a inicial maiúscula, quando formam uma palavra pronunciável. Exemplo:

BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
Masp – Museu de Arte de São Paulo
Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

f) Deve-se manter com maiúsculas e minúsculas as siglas que originalmente foram criadas com essa estrutura para se diferenciarem de outras, independentemente de seu tamanho. Exemplo:

CNPq – Conselho Nacional de Pesquisa (para diferenciá-lo de CNP – Conselho Nacional do Petróleo).

g) No caso de siglas de origem estrangeira, deve-se adotar a sigla e seu nome em português quando houver forma traduzida, ou adotar a forma original da sigla estrangeira quando esta não tiver correspondente em português, mesmo que o seu nome por extenso em português não corresponda perfeitamente à sigla. Exemplo:

ONU – Organização das Nações Unidas
FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura.

h) Deve-se adicionar a letra s (sempre minúscula) para indicar o plural das siglas somente quando a concordância gramatical assim o exigir. Exemplo:

O trabalho das ONGs vem repercutindo cada vez mais na sociedade.

Observe a lista de siglas abaixo:

A

ABNT

AC

AL

AM

AP

B

BA

CE

DF

ES

FE

FI

GO

GT

MA

MG

MS

MT

Nb

NURC

P

PA

PE

PB

PDT

PFL

PGPF

PI

PMDB

PR

PSDB

PT

RAE

RFP

RJ

RN

RR

RR

RS

S

SC

SE

SP

TV

TO

V

 

- Adjetivo

- Associação Brasileira de Normas Técnicas

- Acre

- Alagoas

- Amazonas

- Amapá

- Base

- Bahia

- Ceará

- Distrito Federal

- Espírito Santo

- Formação Esporádica

- Formação Institucionalizada

- Goiás

- Gramática Tradicional

- Maranhão

- Minas Gerais

- Mato Grosso do Sul

- Mato Grosso

- Nome base

- Norma Urbana Culta

- Produto

- Pará

- Pernambuco

- Paraíba

- Partido Democrático Trabalhista

- Partido da Frente Liberal

- Projeto de Gramática do Português Falado

- Piauí

- Partido do Movimento Democrático Brasileiro

- Paraná

- Partido Social Democrático Brasileiro

- Partido dos Trabalhadores

- Regra de Análise Estrutural

- Regra de Formação de Palavras

- Rio de Janeiro

- Rio Grande do Norte

- Regra de Redundância

- Roraima

- Rio Grande do Sul

- Substantivo

- Santa Catarina

- Sergipe

- São Paulo

- Televisão

- Tocantins

- Verbo

  Índice  

Como referenciar: "Siglas" em Só Português. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2018. Consultado em 12/12/2018 às 15:13. Disponível na Internet em https://www.soportugues.com.br/secoes/abrev/abrev9.php