Você está em Morfologia > Conjunção ▼

Locução Conjuntiva

Recebem o nome de locução conjuntiva os conjuntos de palavras que atuam como conjunção. Essas locuções geralmente terminam em "que". Observe os exemplos:

visto que
desde que
ainda que
por mais que
à medida que
à proporção que
logo que
a fim de que

Atenção:

Muitas conjunções não têm classificação única, imutável, devendo, portanto, ser classificadas de acordo com o sentido que apresentam no contexto. Assim, a conjunção que pode ser:

1. Aditiva ( = e)
Por exemplo:
Esfrega que esfrega, mas a mancha não sai.

2. Explicativa
Por exemplo:
Apressemo-nos, que chove.

3. Integrante
Por exemplo:
Diga-lhe que não irei.

4. Consecutiva
Por exemplo:
Onde estavas, que não te vi?

5. Comparativa
Por exemplo:
Ficou vermelho que nem brasa.

6. Concessiva
Por exemplo:
Beba, um pouco que seja.

7. Temporal
Por exemplo:
Chegados que fomos, dirigimo-nos ao hotel.

8. Final
Por exemplo:
Vendo o amigo à janela, fez sinal que descesse.

9. Causal
Por exemplo:
"Velho que sou, apenas conheço as flores do meu tempo." (V.Coaraci)

Conjunções, leitura e produção de textos

O bom relacionamento entre as conjunções de um texto garante a perfeita estruturação de suas frases e parágrafos, bem como a compreensão eficaz de seu conteúdo. Interagindo com palavras de outras classes gramaticais essenciais ao inter-relacionamento das partes de frases e textos - como os pronomes, preposições, alguns advérbios e numerais -, as conjunções fazem parte daquilo a que se pode chamar de " a arquitetura textual", isto é, o conjunto das relações que garantem a coesão do enunciado. O sucesso desse conjunto de relações depende do conhecimento do valor relacional das conjunções, uma vez que estas interferem semanticamente no enunciado.

Dessa forma, deve-se dedicar atenção especial às conjunções tanto na leitura como na produção de textos. Nos textos narrativos, elas estão muitas vezes ligadas à expressão de circunstâncias fundamentais à condução da história, como as noções de tempo, finalidade, causa consequência. Nos textos dissertativos, evidenciam muitas vezes a linha expositiva ou argumentativa adotada - é o caso das exposições e argumentações construídas por meio de contrastes e oposições, que implicam o uso das adversativas e concessivas.
Próximo conteúdo: Interjeição
Como referenciar: "Locução Conjuntiva" em Só Português. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2018. Consultado em 23/02/2018 às 07:21. Disponível na Internet em https://www.soportugues.com.br/secoes/morf/morf88.php