Você está em Ajuda > Dúvidas Frequentes

"Para-" e o hífen

Normalmente usamos o hífen nas palavras compostas iniciadas pelo prefixo "para-". No entanto, o Acordo Ortográfico retirou o hífen das palavras que, pelo uso, perderam a noção de composição, como paraquedas, parapeito e parapente, que hoje são grafadas sem hífen. O mesmo vale para os seus derivados, como por exemplo:

paraquedismo
paraquedista
paraquedístico

Já os outros termos com prefixo "para-" não foram enquadrados nesta regra, portanto continuam hifenizados. Exemplos:

para-brisa
para-choque
para-chuva
para-lama
para-raios
para-sol
para-vento

Observe que estamos tratando das palavras compostas que derivam do verbo "parar". Outros casos, como paraolimpíada (ou paralimpíada), têm outra origem e não se enquadram nesta situação.

Sobre o acento diferencial (para x pára)

É importante lembrar que o Acordo Ortográfico aboliu o acento agudo diferencial utilizado na forma verbal pára do verbo parar. Assim, devemos usar sempre o prefixo "para", sem acento.

Outras dúvidas

"Está a par" ou "Está ao par"?

"Arco-íris" e o hífen

"Cabelereiro" ou "Cabeleireiro"?

"Cachorro quente" ou "Cachorro-quente"?

<< Voltar para seção "Dúvidas frequentes"

Como referenciar: ""Para-" e o hífen" em Só Português. Virtuous Tecnologia da Informação, 2007-2020. Consultado em 23/09/2020 às 04:33. Disponível na Internet em https://www.soportugues.com.br/secoes/FAQresposta.php?id=140

Divirta-se com o LOBIS HOMEM

Produtos de quando CORONA era motivo de alegria

O sonho de ser cantor